Esta aproximação explora o fato de que nessas bandas é possível distinguir a reflectividade da vegetação da sua fluorescência, que é muito mais fraca. [83][84], Em 1923, o cientista norte-americano Robert Goddard foi a primeira pessoa a desenvolver um motor de foguete, com uso de gasolina como combustível e oxigênio líquido como oxidante. [70] Relatos dessas e doutras experiências e ideias foram publicados em 1668 na sua obra Tractatus duo no tratado "De respiratione". For example, C6H5C2H5 + O2 = C6H5OH + CO2 + H2O will not be balanced, but XC2H5 + O2 = XOH + CO2 + H2O will. A maior solubilidade do O2 a baixas temperaturas tem importantes implicações para a vida marinha, uma vez que os oceanos polares sustentam uma densidade de vida muito maior devido ao seu elevado teor de oxigénio. B) Como são classificados os elementos envolvidos nessa reação ? [81], Em 1891, o químico escocês James Dewar conseguiu produzir uma quantidade suficiente de oxigênio líquido para poder estudá-lo. [15] Com os níveis actuais da fotossíntese, demoraria cerca de 2000 anos a regenerar a quantidade total de O2 na atmosfera atual. O efeito farmacológico é contudo duvidoso, sendo que a explicação mais viável a haver está normalmente associada ao efeito placebo. O ar não desempenhava nenhum papel na teoria do flogisto nem foram realizadas experiências quantitativas para testar a ideia; em vez disso, a teoria baseava-se em observações sobre o que acontece quando um objeto é queimado: os objectos mais comuns pareciam tornar-se mais leves e perdiam algo no processo de combustão. Estado dos compostos [como (s) (aq ) ou (g)] não são necessários. O etileno reage com o O2 para criar óxido de etileno, que, por sua vez, converte-se em etilenoglicol, o material usado como base para a fabricação de uma grande variedade de produtos, incluindo anticongelantes e polímeros de poliéster (os precursores de muitos plástico e têxteis). O tratamento não só aumenta os níveis de oxigénio no sangue do paciente, como também apresenta um efeito secundário de diminuir a resistência ao fluxo sanguíneo em muitos tipos de pulmões doentes, facilitando o trabalho de bombeamento do coração. O trioxigénio (O3) é habitualmente conhecido como ozono e é um alótropo bastante reactivo, prejudicial para o tecido pulmonar. O O2 líquido de grande pureza é obtido através da destilação fracionada do ar liquefeito. Devido à sua reactividade química, o oxigénio não pode permanecer na atmosfera terrestre como elemento livre sem que seja constantemente reabastecido pela acção fotossintética dos organismos que utilizam a energia solar para produzir oxigénio a partir da água. [23][24], O O2 concentrado permite uma combustão rápida e enérgica. [78][h], No final do século XIX, os pesquisadores deram conta de que o ar podia ser liquefeito e os seus componentes isolados por meio da compressão e arrefecimento. [49] A maior parte do O16 é sintetizado no final do processo de combustão do hélio no interior de estrelas massivas, mas outra parte é produzida no processo de combustão do néon. Os cientistas avaliam este aspecto da qualidade da água através da medição da sua carência biológica de oxigénio, ou quantidade de O2 necessária para restaurá-la para níveis de concentração normais. [50], Foram evidenciados quatorze radioisótopos, dos quais os mais estáveis são o O15 com um período de semidesintegração de 70,606 segundos. [i] Estão implicados muitos processos, mas o resultado é a formação de um gradiente de protões através da membrana tilacoidal, que é usado para a sintetização de adenosina trifosfato (ATP) por meio da fotofosforilação. Os epóxidos são éteres nos quais o átomo de oxigénio é um hétero-tomo. [16][c], O oxigénio molecular singlete é um nome dado a várias espécies de O2 de maior energia, em que todos os spins dos electrões se emparelham. [5], É um gás incolor (azul em estado líquido[6] e sólido), inodoro e insípido, comburente, não combustível e pouco solúvel em água. [4], Lavoisier renomeou o «ar essencial" como oxigénio em 1777, com base no grego ὀξύς (oxys) (ácido, literalmente "amargo", devido ao sabor dos ácidos) e -γενής (-genēs) (produtor, literalmente "que gera"), porque pensava, erroneamente, que o oxigénio era um constituinte de todos os ácidos. As cifras apresentadas estão para valores de até 80 km acima da superfície. Neste processo, o O2 é injetado com uma lança de alta pressão no ferro fundido, que remove as impurezas de enxofre e o excesso de carbono, na forma dos seus respectivos óxidos, SO2 e CO2. Surgiu pela primeira vez em quantidades significativas durante o éon Paleoproterozoico (entre 3000 e 2300 milhões de anos atrás). [122], O oxigénio gasoso pode ser tóxico a pressões parciais elevadas, produzindo convulsões e outros problemas de saúde. [91], O conteúdo de oxigénio livre expresso como pressão parcial no corpo dum organismo vertebrado vivo é normalmente maior no sistema respiratório e diminui ao longo de qualquer sistema arterial, tecidos periféricos e sistema venoso, respectivamente. [68] Filão supôs erradamente que partes do ar no recipiente eram convertidas no elemento clássico do fogo e, portanto, eram capazes de escapar através dos poros do vidro. [15] O oxigénio líquido é de tal forma magnético que, em demonstrações laboratoriais, um fio de oxigénio líquido pode suster o seu próprio peso entre os polos dum íman potente. [63] Outros compostos orgânicos importantes que contêm oxigénio são, o glicerol, formaldeído, glutaraldeído, ácido acético e acetamida. Pictet enviou um telegrama à Academia de Ciências da França em 22 de dezembro de 1877 anunciando a sua descoberta do oxigénio líquido. [ 33 ] [ 34 ] A 25 °C e 1 atmosfera padrão (101,3 kPa ), a água doce contém cerca de 6,04 mililitros (ml) de oxigénio por litro, enquanto que a água do mar contém cerca de 4,95 ml por litro. A medição permite-nos inferir que um processo desconhecido esgotou o oxigénio-16 do disco protoplanetário do Sol antes da fusão dos grãos de poeira que formaram a Terra. [25] A molécula metaestável do tetraoxigénio (O4) só foi descoberta em 2001,[26][27] e assumiu-se que existia numa das seis fases do oxigénio sólido. O uso de O2 puro ou quase puro em mergulho a pressões maiores que a atmosférica geralmente restringe-se a intervalos de descanso, descompressão e tratamentos de emergência a relativamente pouca profundidade (~ 6 metros ou menos). Inclua sua resposta e ganhe pontos. O oxigénio por si só não é um combustível, mas um oxidante. Esta página foi editada pela última vez às 03h19min de 1 de outubro de 2020. O paramagnetismo do oxigénio pode ser usado analiticamente em analizadores de oxigénio gasoso paramagnético que determinam a pureza do gás. A toxicidade do oxigénio para os pulmões e sistema nervoso central também pode ocorrer no mergulho profundo e no mergulho profissional. Os silicatos solúveis em água com as formas Na4SiO4, Na2SiO3 e Na2Si2O5 são utilizados em detergentes e adesivos. [9] Perto da superfície terrestre, todavia, é um contaminante formado como subproduto das emissões de automóveis. [4] O oxigénio gasoso é o segundo componente mais abundante na atmosfera, constituindo 20,8 % do seu volume e 23,1 % da sua massa (cerca de 1015 toneladas). Nas Condições Normais de Temperatura e Pressão (PTN), o oxigénio é um gás incolor e inodoro com fórmula molecular O2, em que dois átomos de oxigénio se ligam com uma configuração electrónica em estado tripleto. Também já foi encontrado no oxigénio líquido, em pequenas quantidades, uma dupla molécula de oxigénio: (O2)2. [71] A partir disso, supôs-se que o nitroaereus era consumido tanto na respiração como na combustão. Em 16 de março, conseguiu fazer voar um pequeno foguete propelido por combustível líquido ao longo de 56 m de altura a 97 km/h, em Auburn, Massachusetts. [105] O aumento da concentração de O2 nos pulmões ajuda a deslocar o monóxido de carbono do hemogrupo da hemoglobina. [93], O oxigénio gasoso não combinado era quase inexistente na atmosfera antes da evolução das bactérias e arqueas fotossintéticas. [65], O oxigénio reage espontaneamente com muitos compostos orgânicos a temperatura ambiente ou inferior, num processo designado autoxidação. O oxigénio (português europeu) ou oxigênio (português brasileiro) é um elemento químico de número atómico 8 e símbolo O (8 protões e 8 eletrões) representando com massa atómica 16 u. Constitui parte do grupo dos calcogénios e é um não metal reactivo e um forte agente oxidante que facilmente forma compostos com a maioria doutros elementos, principalmente óxidos.